Cultura

SÃO PAULO: Arte+Feminismo – Casa das Rosas realiza maratona de edição sobre artistas mulheres na Wikipédia

A iniciativa é uma campanha internacional para melhorar o conteúdo sobre mulheres artistas na Wikipedia, além de incentivar mulheres a participar da enciclopédia online.

Você sabia que a Wikipédia em Português possui mais de 992 mil artigos? Desses, quase 207.500 são biografias, mas apenas 36 mil são biografias de mulheres, um número que corresponde a 17% do total. Em uma pesquisa de 2011, a Wikimedia Foundation divulgou que menos de 10% de seus contribuintes são mulheres. As razões para a falta de editoras mulheres na plataforma são muitas, desde o desconforto em uma área predominantemente masculina ao pouco tempo que mulheres têm para si e projetos pessoais – devido às diversas jornadas de trabalho –, mas as consequências dessa enorme diferença se manifestam nos artigos e na falta de representatividade de mulheres neles.

Pensando em diminuir essa desigualdade, a Casa das Rosas – integrante da Rede de Museus-Casas Literários da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo, gerenciada pela Poiesis –, em parceria com a campanha Arte+Feminismo Wikipédia, realizam a Maratona Arte + Feminismo. Com dois encontros, a programação propõe melhorar o conteúdo sobre mulheres cis e trans e as artes na maior enciclopédia online do mundo, bem como incentivar mulheres a participar dessa comunidade.

A atividade é dividida em duas partes: dia 27 de fevereiro, quarta-feira, às 21h, acontece a aula teórica sobre as ferramentas da Wikipédia. Nela, Juliana Monteiro explica aos participantes como acrescentar e editar artigos na plataforma. Já no dia 8 de março, sexta-feira, Dia Internacional da Mulher, acontece a maratona. Neste dia, entre 14h e 21h, os participantes podem pesquisar e acrescentar artigos ou editar os já existentes sobre mulheres artistas. O foco do encontro são biografias de escritoras, tradutoras e críticas literárias, mas o participante é livre para fazer sua própria pesquisa.

“É muito interessante realizar o evento em um espaço cultural de tanta visibilidade como a Casa das Rosas”, explica Juliana Monteiro, uma das embaixadoras regionais do ciclo 2018-2019 da campanha. “É um incentivo para a campanha se tornar cada vez mais conhecida por aqui. Além disso, o público da Casa é interessado em falar sobre literatura e escritoras, logo, acredito que o público que for será bem focado em melhorar os artigos”.

O movimento, que começou em 2013 nos Estados Unidos, já alcançou diversos países. No ano passado, a iniciativa em São Paulo reuniu 95 editores que criaram 52 artigos e editaram 227 publicações.

SERVIÇO: Maratona Arte + Feminismo

Aula teórica | 27/2. Quarta-feira, 19h às 21h

Maratona prática | 8/3. Sexta-feira, 14h às 21h

Inscrições online no site a partir de 15/2.

Material obrigatório: o participante deve levar o próprio notebook para a maratona prática.

Casa das Rosas – Espaço Haroldo de Campos de Poesia e Literatura

Avenida Paulista, 37 – Paraíso – São Paulo (próximo à estação Brigadeiro do metrô)

Telefone: (11) 3285-6986 | 3288-9447

Funcionamento: de terça-feira a sábado, das 10h às 22h, e aos domingos e feriados, das 10h às 18h

Convênio com o estacionamento Parkimetro: Alameda Santos, 74 (exceto domingos e feriados)

www.casadasrosas.org.br

SOBRE A CASA DAS ROSAS

A Casa das Rosas – Espaço Haroldo de Campos é um museu dedicado à poesia, à literatura, à cultura e à preservação do acervo bibliográfico do poeta paulistano Haroldo de Campos, um dos criadores do movimento da poesia concreta na década de 1950. Localizada em uma das avenidas mais importantes da cidade de São Paulo, a Avenida Paulista, o espaço realiza intensa programação de atividades gratuitas, como oficinas de criação e crítica literárias, palestras, ciclos de debates, exposições, apresentações literárias e musicais, saraus, lançamentos de livros, performances e apresentações teatrais. O museu está instalado em um imponente casarão, construído em 1935 pelo escritório Ramos de Azevedo, que na época já tinha projetado e executado importantes edifícios na cidade, como a Pinacoteca do Estado, o Teatro Municipal e o Mercado Público de São Paulo.

SOBRE A POIESIS

A Poiesis – Organização Social de Cultura é uma organização social que desenvolve e gere programas e projetos, além de pesquisas e espaços culturais, museológicos e educacionais, voltados para a formação complementar de estudantes e do público em geral. A instituição trabalha com o propósito de propiciar espaços de acesso democrático ao conhecimento, de estímulo à criação artística e intelectual e de difusão da língua e da literatura.

Imagem: Divulgação

Mais em: Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo

Mais Acessadas

Início