Gastronomia

Saiba como evitar erros comuns na hora do preparo

Pra muita gente, fazer churrasco pode até parecer algo simples, mas é preciso muito cuidado e prática para garantir um resultado realmente surpreendente. Segundo Eduardo Moretto, especialista em gastronomia do Aurok Meat Experts, o segredo está nos detalhes: “Na teoria, uma boa carne, churrasqueira e sal já bastam; mas, na prática, não é bem assim; da escolha da grelha ao tempero e corte da peça, tudo faz diferença no sabor do alimento”, explica.

Mesmo para quem já está acostumado com os encontros entre amigos, regado a churrasco, aos finais de semana, alguns erros comuns precisam ser evitados. Então, anote aí:

  1. A escolha do corte

O primeiro e mais comum erro no churrasco é utilizar cortes muito grossos na churrasqueira, principalmente, quando os convidados preferem a carne ao ponto +, ou bem passada, como chamamos. “Quando o corte é muito alto, demora mais para que o seu interior asse, e, na maioria dos casos, o que acontece é que a parte de fora acaba queimando antes”, explica Eduardo. A dica é optar por cortes menores, como fraldinha. Ou então, fatiar os filés mais finos. “A altura correta da grelha acima da brasa é crucial para se chegar no ponto desejado. É possível fazer cortes mais altos no ponto desejado, porém a grelha terá que ficar em uma altura mais elevada.”

  1. A escolha da grelha

Depois de saber quais as carnes escolhidas, você deve acertar a altura ideal da grelha para o preparo de cada uma delas.

Para assar:

cortes médios ou finos -> 30cm acima da brasa

cortes grossos -> 50cm acima da brasa

Para grelhar:

cortes médios ou finos -> até 15cm acima da brasa

cortes grossos -> até 20cm acima da brasa

  1. O tempero

Sal em excesso não só faz mal à saúde, como descaracteriza o sabor da carne. Por isso, não exagere. Para cortes maiores e mais altos, a melhor pedida é o sal grosso, já para os menores e mais finos, o ideal é o sal grosso moído, ou em flocos. Se for temperar o corte antes dele ir pra grelha, a dica é retirar o excesso do sal com a mão. “Uma tendência muito utilizada atualmente é a salga posterior à carne finalizada na grelha. Não se usa nada de sal durante o preparo. Após a finalização na grelha, retire a carne ainda quente e polvilhe com sal entrefino sobre ela. Este processo lhe garantirá uma carne mais suculenta”.

  1. Faça poucos movimentos

Outro erro muito comum é virar a carne muitas vezes na grelha. O ideal é deixar grelhar um lado por completo (até o ponto desejado) e virar apenas uma vez, para finalizar o outro lado no mesmo ponto. “A não ser que sejam linguiças ou alimentos em formatos mais arredondados que precisem de mais voltas para assar por inteiro, os demais cortes devem ser mexidos poucas vezes; isso evita que a carne perca a suculência com os furos do pegador, por exemplo”.

  1. Deixe a gordura aí

Pode até ser que você ou alguém do churrasco não queira comer os cortes com a gordura, mas atenção: você só deve retirá-la após a carne pronta. Isso, porque é exatamente a gordura que dá mais sabor à carne e impede que ela fica ressecada. Após a carne pronta, caso não queira consumir a gordura, esta pode ser retirada.

  1. Cuidado com a faca

Cortar de qualquer jeito? Nem pensar! “Cada peça pede um corte diferente, que depende da direção das fibras da carne; a alcatra, por exemplo, pede que o corte seja feito no sentido de suas fibras, pra que fique macia, enquanto a picanha já pede cortes a 90º de suas fibras, para que não endureça”. Encontrar as fibras da carne antes de ir para a grelha é mais fácil do que após o preparo. Fique atento.

  1. Nada de lixo na comida

Bitucas de cigarro, palitos ou até plásticos, nada disso deve ir pra brasa. Qualquer material que seja jogado no fogo pode prejudicar o sabor dos alimentos e, pior, contaminar sua saúde. Por isso, atenção todo o tempo!

Feito tudo isso, o churrasco está garantido! É só reunir a galera e saborear cada momento!

Imagem: Divulgação – Especialista em gastronomia mostra quais os cuidados essenciais pra fazer bonito e surpreender a todos os paladares.

Mais em: Correio Popular

Mais Acessadas

Início