Paulínia

O município de Paulínia teve início com a construção da Estrada de Ferro Funilense – inaugurada em 15 de setembro de 1899 –, que cortava seu território. Fundado oficialmente em 16 de julho de 1906, por José de Seixas Queiroz, o antigo povoado chamava-se José Paulino.

Passou à categoria de distrito em 30 de novembro de 1944, já com sua denominação atual, em terras da cidade de Campinas. Tornou-se município em 28 de fevereiro de 1964 e, a partir de 1968, com a construção da Refinaria de Paulínia – Replan, da Petrobras, começou a crescer e a se desenvolver aceleradamente.

Gestão Cultural e Patrimônio

O órgão responsável pela gestão cultural em Paulínia é a Secretaria Municipal de Cultura. O município possui lei de incentivo à cultura que prevê o recebimento, por parte do patrocinador, de desconto no pagamento do Imposto sobre Serviços de Qualquer Natureza (ISSQN) e/ou no pagamento do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU). Paulínia conta com Fundo Municipal de Cultura, administrado pela Secretaria de Cultura em conjunto com outras secretarias e órgãos do Poder Executivo. Entre os bens de interesse turístico-cultural do município, destacam-se a Igreja São Bento, a mais antiga construção da cidade, datada de 1903, e os portais de acesso à cidade.

Fonte: www.portalculturarmc.agemcamp.sp.gov.br

Início