Gastronomia

Faça em casa o bauru, o sanduíche que está completando 80 anos

O bauru do Ponto Chic teve altos e baixos em oito décadas de história. Mas fazendo em casa, você acerta sempre. O truque é o jeito de derreter o queijo.

Por: Patrícia Ferraz – Estadão PALADAR

Um dos sanduíches mais emblemáticos de São Paulo, o bauru do Ponto Chic – quer dizer, o bauru original -, está completando 80 anos. Todo mundo conhece a história desse clássico que nasceu, em 1937, da fome de um aluno da Faculdade de Direito do Largo São Francisco, Casimiro Pinto Neto, apelidado de Bauru e que ficou famoso justamente por causa da receita.

Ele chegou à lanchonete, pediu ao chapeiro para abrir ao meio um pão francês, tirar o miolo e colocar queijo derretido dentro. Antes de o chapeiro atender o pedido, ele acrescentou: “põe também umas fatias de rosbife dentro”. Alguém comentou que estava ficando interessante, mas faltava vitamina e, de repente, veio o “bota aí rodelas de tomate”. Um amigo de Bauru, que estava acompanhando a preparação, deu uma mordida no sanduíche e pediu: “Me vê um desse do Bauru”.

Essa cena tem cinquenta anos. O sanduba do Ponto Chic passou por altos e baixos –recentemente me decepcionei bastante com ele, estava gorduroso, pesado e o pão bem longe do frescor de outros tempos. Mas ando com mania de preparar o bauru em casa, desde que aprendi a derreter o queijo de um jeito parecido com o que eles fazem na lanchonete. Não é a receita original porque dei meus pitacos (como já é de praxe!).  Mas fica incrível!

Você vai precisar de pão francês fresquinho, fatias de rosbife, picles e  fatias de queijo prato (a receita original combina quatro queijos, prato, estepe, gouda e suíço, mas  tenho feito apenas com queijo prato). A original leva também tomate, que eu dispensei por engano uma vez, mas acabei preferindo sem. Fique à vontade para fazer como preferir.

Você tem que preparar o sanduíche antes de derreter o queijo, que fica só para a finalização. Corte o pão francês fresquinho ao meio, no sentido vertical e tire um pouco do miolo.

Ponha duas ou três fatias de rosbife e uma fatia pequena e fina de picles de pepino. Preparar o sanduíche até esse ponto é o primeiro truque para a receita dar certo, porque o queijo derrete muito rapidamente e você tem que colocá-lo no pão, molenga e derretido,  o mais rápido possível.

O método para derreter o queijo é simples: pegue uma frigideira antiaderente, ponha uma camada finíssima de água no fundo da panela (equivalente a 2 ou 3 colheres de sopa, apenas). Leve ao fogo até a água ferver  (é bem rápido, porque é pouquinha água). Ponha duas ou três fatias finas de queijo prato na água, espere dois ou três segundos e o queijo começa a derreter.

Usando uma pinça longa, mexa o queijo rapidamente e assim que derreter completamente, tire, ponha direto no sanduíche e feche.  Tudo frio, exceto o queijo quente! Uma maravilha.

Imagens: Abertura – FOTO: Tiago Queiroz/Estadão, no artigo – FOTOS: Alex Silva/Estadão.

Mais em: Estadão – PALADAR e Ponto Chic

Mais Acessadas

Início