Fotografia

Direção de modelos: descubra um método próprio

Por : Vika Viante

Dicas incríveis que vão te ajudar na hora de dirigir modelos no ensaio, confira!

Experimente perguntar, na próxima vez que fizer algum curso de fotografia, para seus colegas qual é a principal dificuldade na hora de fotografar. Posso apostar que a grande maioria dirá que é a direção. Isso é assim desde que foto é foto e continuará sendo.

Experimente perguntar, na próxima vez que fizer algum curso de fotografia, para seus colegas qual é a principal dificuldade na hora de fotografar. Posso apostar que a grande maioria dirá que é a direção. Isso é assim desde que foto é foto e continuará sendo.

Quando escolhi estudar direção acabei arrumando mais dúvidas do que soluções. Fato esse se deu porque cada fotógrafo que me falava sobre o assunto dizia coisas totalmente diferentes. Assisti uma curso em DVD de um colega que dirigia as modelos como se fossem “fantoches” indicando o que cada parte do corpo poderia fazer. Cursei workshops de fotógrafos que na hora de falar sobre direção não conseguiam explicar de modo convincente o que faziam. Por fim vi fotógrafos que renegavam totalmente os posicionamentos comandados e  prezavam pela naturalidade, mesmo que para isso precisassem fazer piadas.

Acredito que a única coisa que ouvi de todos eles foi que: você deve estar falando o tempo todo com os dirigidos. O silêncio cria uma barreira na comunicação e acaba por, na maioria das vezes, fazer com que o cliente fique travado.

Depois de muito pensar sobre o assunto posso afirmar categoricamente que, Direção: cada fotógrafo deve ter um método próprio. Ou seja, veja como cada profissional trabalha e depois junte tudo, misture e faça do seu jeito. No começo é difícil, mas sem dúvida depois que você desenvolver seu método isso será seu principal diferencial. Afinal, equipamento o dinheiro compra, experiência e capacitação não!

Mais em: Editora Photos

Mais Acessadas

Início