Gastronomia

CAMPINAS é a 10ª maior em consumo de pizza no País

Por: Virgínia Alves

Todo mundo conhece alguém que é apaixonado por pizza. A iguaria que chegou no País junto com os italianos, conquistou a maioria das famílias e algumas delas já têm até dia certo para pedir um dos alimentos preferidos do brasileiro.

Uma pesquisa feita no aplicativo de entregas de comida, o iFood, comprova que os campineiros também adoram a culinária italiana. O município ficou em 10º lugar no ranking das dez cidades que mais pediram pizza no ano passado.

Campinas ficou atrás de capitais e grandes cidades, como São Paulo, Rio de Janeiro, Fortaleza, Brasília, Belo Horizonte, Curitiba, Recife, Salvador e Niterói.

Confira o ranking:
1) São Paulo
2) Rio De Janeiro
3) Fortaleza
4) Brasília
5) Belo Horizonte
6) Curitiba
7) Recife
8) Salvador
9) Niterói
10) Campinas 

O levantamento mostra ainda que o sabor calabresa foi o mais pedido pelo aplicativo. Segundo o levantamento, foram pedidas 8,5 pizzas por minuto. Na sequência, vêm, respectivamente, os sabores portuguesa, quatro queijos, frango com catupiry, muçarela, marguerita, chocolate, toscana e abobrinha.

Na casa do projetista Yago Sena, de 23 anos, de Campinas, toda semana tem pizza. E, segundo ele, eles nem esperam o final de semana para comer o prato preferido. “Eu sou um apaixonado por pizza! Como pelo menos duas vezes na semana, todo mundo em casa adora!”, conta Yago.

Até para quem tem uma dieta balanceada, quando o assunto é pizza, a resposta é sempre sim. A funcionária pública Adaís Dias conta que sempre que a família decide pedir alguma coisa, a especialidade italiana é sempre sua primeira opção. “Eu como certinho todos os dias, até mesmo nos finais de semana, mas quando alguém quer pizza, eu sempre topo! Depois é só voltar a rotina saudável e exercícios, que está tudo certo”, disse Adaís.

A paixão pela comida também traz boas notícias para a economia. Rafael Soares, CEO da Oven Pizza, diz que os números mostram que, apesar da crise que atinge severamente todo o País, o mercado de fast-food se mantém aquecido. “Estamos presentes em oito estados, e em função da correria diária, o hábito de se alimentar fora de casa está se tornando uma atividade corriqueira.Por isso, queremos cada vez mais proporcionar uma vivência única e deliciosa aos nossos clientes, servindo pizzas, saladas e calzones de alta qualidade, de maneira rápida e customizada.”

Nos últimos dois anos, o número de pizza pedidas via aplicativo chegou a 20 milhões. Somente em 2017, o crescimento foi de 68%. No total, a preferência do brasileiro pela comida italiana ultrapassou pedidos de comida brasileira, a tradicional ‘marmita’, com 22,69% contra 11,94%.

Imagem: Cedoc/RAC – Até para quem tem uma dieta balanceada, quando o assunto é pizza, a resposta é sempre sim.

Mais em: Correio Popular

Mais Acessadas

Início